Vitaminas Leidiana Torres

8 Fatos sobre as vitaminas diárias que nunca te contam

Uma das alternativas para completar as nossas necessidades nutricionais é realizar o consumo de vitaminas e suplementos. Mas, existem alguns fatores sobre as vitaminas diárias que nunca te contam. Quer saber quais são eles? Confiram aqui neste artigo.

Vamos conhecer a seguir os 11 fatos sobre as vitaminas diárias que nunca contam.

1. Manter suas vitaminas em lugares úmidos pode ser ruim

Um estudo de 2010 descobriu que, onde você guarda suas vitaminas é importante: armazená-las em lugares úmidos como o banheiro ou a cozinha, onde muito vapor é uma ocorrência regular, pode degradar sua eficiência e ingredientes. Mantenha-os em um lugar seco e fresco.

2. Os níveis de vitamina D em suplementos podem variar muito

Um dos problemas com vitaminas é que eles não estão sujeitos a regulamentação rigorosa pela FDA. Um estudo de 2013 descobriu que as quantidades de vitamina D na verdade variam muito entre pílulas e produtores diferentes.

3. Se você não tem bastante magnésio, seus suplementos de vitamina D não funcionarão

As vitaminas interagem umas com as outras – e um estudo em 2018 descobriu que a absorção de vitamina D é realmente ineficiente quando você não tem magnésio suficiente em sua dieta. 

4. Há evidências de que o ácido fólico pode ajudar a saúde em longo prazo

O ácido fólico tem uma reputação sólida de ajudar a saúde das mulheres grávidas e seus bebês em crescimento, mas também pode ajudar a saúde geral a longo prazo. O Serviço Nacional de Saúde relata que um grande estudo na China descobriu que o uso prolongado de ácido fólico parece reduzir o risco de derrame e doenças cardiovasculares. É apenas um estudo, portanto, mais trabalho precisa ser feito para replicar as descobertas.

5. A vitamina B pode ajudar os sintomas da esquizofrenia

Vitaminas B – a coleção de vitaminas inclusive B-5 e B-12 – é necessária para muitos elementos da nossa saúde. Um estudo em 2017 descobriu que adicionar suplementos de vitaminas do complexo B ao tratamento antipsicótico para pessoas com esquizofrenia ajudou a reduzir os sintomas.

6. Vitamina C pode fazer mal

Consumir muita vitamina C, seja em sua dieta ou em suplementos pode ser ruim. Harvard Health explica: “Em algumas pessoas, altas doses – mais do que, digamos, 2.000 ou 3.000 mg por dia – podem causar sintomas como diarréia, náusea, azia, gastrite, fadiga, rubor, dor de cabeça e insônia.

7. Outras vitaminas estão ligadas a problemas de saúde

A Clínica Mayo observou que tanto a vitamina E quanto a vitamina A têm sido associadas a problemas de saúde se tomadas diariamente em pessoas que não precisam dela por motivos médicos. Ambos estavam ligados a um risco maior de morte prematura, assim como o beta-caroteno, que é convertido em vitamina A no organismo. Converse com seu médico sobre quaisquer suplementos que você tome.

8. O cálcio é bom para os ossos, mas pode causar alguns efeitos colaterais

Suplementos de cálcio podem ajudar com a saúde dos ossos se você não estiver recebendo cálcio suficiente em sua dieta por algum motivo, mas a Harvard Health observa que eles têm sido associados a problemas de saúde. Cálcio tomadas em suplementos, ao contrário de vitaminas absorvidas a partir de produtos lácteos e outros alimentos, foram encontrados para aumentar o risco de pedras nos rins e ataques cardíacos.

Tomar um multivitamínico todos os dias é uma boa rotina, mas você pode não estar recebendo exatamente o que o produto promete. Se você sentir que pode ter uma deficiência de vitamina, é uma boa ideia ver o seu médico falar primeiro sobre opções dietéticas e outras possibilidades.

Leidiana Torres

Sobre o autor | Website

Bacharel em Enfermagem e fundadora do Mente Sã Corpo São. Contato: [email protected]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.