Vitamina E: Quais os efeitos do uso e benefícios secundários

0
Vote!!!

Vitamina E traz benefícios para a pele e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares neutralizando os distúrbios oculares

A vitamina E desempenha diversas funções importantes no nosso organismo. A vitamina E faz uma contribuição significativa no cuidado da acneeczema, ajuda com distúrbios oculares e fortalece o sistema imunológico. A vitamina E impede que o declínio cognitivo afetam o sistema cardiovascular.

É por isso que nunca deve faltar a vitamina E. Portanto, devemos sempre consumir esses alimentos que possuem vitamina E em abundância, para abastecer o corpo de um nutriente importante.

Semente de girassol, óleo de oliva e gérmen de trigo apresentam vitamina E que são benéficas ao corpo humano. É claro que não devemos exagerar, para não incorrer os efeitos colaterais consistir em qualquer hemorragia ou acidente vascular cerebral hemorrágico.

Vitamina E
Vitamina E

onde está a Vitamina E?

Qual alimento devemos comer para garantir um bom suprimento em vitamina E?

Certamente não podem faltar em nossa dieta os óleos vegetais, como girassol, azeite ou germe de trigo e nozes, especialmente nozes, avelãs e amêndoas. Entre as frutas os abacates e pistácios também apresentam vitamina E.

Uma certa quantidade também está presente no leite de vaca, produtos lácteos semi-desnatado: iogurte, queijo parmesão, provolone, queijo ricota, mussarela de búfalo.

Lembremo-nos de que a dose de é de 4 mg diária recomendada para lactantes e crianças até 14 anos. Acima desta idade devemos ter 15 mg de vitamina E por dia.

O que é a vitamina E?

A substância em questão é capaz de implementar vários benefícios para a pele, de fato, é utilizado como um componente essencial de muitos cremes. Em particular, ele pode ser útil para tratar a acne e eczema.

→Leia agora  3 Bebidas Que São Mais Eficazes Do Que Água De Limão Para Ajudar Você A Perder Peso

A vitamina E é composta por antioxidantes, que se revelaram muito importante para combater certos efeitos nocivos por estresse oxidativo em relação aos distúrbios oculares, como catarata e degeneração.

Igualmente deixa de exercer um efeito preventivo contra doenças que envolvem o coração e no sistema cardiovascular. Na verdade, a vitamina E previne a criação de coágulos que podem provocar ataques cardíacos ou fenômenos de tromboembolismo venoso.

Não se esqueça que este nutriente, retardando a oxidação, reduz o risco de desenvolver colesterol. A vitamina E também é eficaz contra o declínio mental. A vitamina E ajuda nos efeitos dos radicais livres no cérebro, que determinam doenças cognitivas, tais como a doença de Alzheimer.

Os efeitos secundários da A vitamina E

Não devemos introduzir em nosso corpo quantidades excessivas de vitamina E, porque pode resultar em efeitos colaterais. Lembre-se: seguir sempre uma dieta saudável.

O problema diz respeito principalmente ao uso de suplementos, também disponível em cápsulas e comprimidos. No longo prazo, eles podem ser causar hemorragia ou acidente vascular cerebral hemorrágico.

 

indicações médicas

As informações publicadas por Mente Sã Corpo São possui caráter exclusivamente informativo e não deve ser considerada como aconselhamento nem quaisquer prescrições médicas ou outro. Antes de tomar qualquer decisão em relação à sua própria saúde, incluindo a de mudar sua dieta, é essencial consultar, em pessoa, com o seu médico.

Leave A Reply

Your email address will not be published.