Saúde e Bem Estar Camila Camiran

Vai um cafezinho aí?

Uma das bebidas mais consumidas no mundo é o café. Com um consumo de 5.10 kg de café torrado por habitante/ano, aproximadamente 85 L para cada brasileiro (ABIC, 2018), de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café–ABIC, o nosso país  representa 31% da demanda mundial.  Este estudo revela ainda que desde 1997 até os dias atuais, o café é consumido para reanimar, pelo prazer e em decorrência do seu sabor e aroma.

Inúmeras pesquisas são feitas para entender as consequências da cafeína no corpo humano. Veja algumas recentes:

Cientistas da Universidade Johns Hopkins constatou que duas xícaras de café podem fazer muito bem para a memória. A pesquisa testou a memória de 160 voluntários durante 24 horas. O grupo incluiu pessoas que não bebiam café regularmente. Quem tomou comprimidos de cafeína teve um desempenho melhor nos testes de memória do que as que ingeriram placebos.

Benefícios do café

Benefícios do café / foto https://pixabay.com

 

De acordo com a pesquisa feita pela Universidade do Sul da Califórnia, tomar café todos os dias pode prevenir as pessoas câncer de fígado. O estudo foi feito com 179.890 homens e mulheres nos EUA.  Eles foram assistidos por até 18 anos rastrearam o consumo de café e seus estilos de vida. Os que bebiam de uma a três xícaras por dia tinha uma chance de 29% menor de ter o câncer em comparação com as pessoas que bebiam menos de seis xícaras por semana. E as pessoas que bebiam mais de quatro xícaras por dia apresentaram um risco 42% menor.
O efeito benéfico do café ao nosso organismo ocorre pela presença de compostos bioativos, que diminuem fatores inflamatórios.

Quem tem dificuldades para dormir ou sofre com irritações no estômago, a dica é prestar atenção em todas as fontes de cafeína e diminuir o consumo de café caso sejam notados sintomas como dor de estômago, irritabilidade ou insônia.

Entretanto é necessário ter atenção! Outras pesquisas mostram o contrario em relação ao café.  Esta semana o portal cientifico do Centro de Nutrição Funcional de São Paulo publicou  estudos feitos a respeito do assunto:  “Uma análise realizada com diversos tipos de café indicou presença de acrilamida – composto tóxico que pode aumentar o risco de doenças inflamatórias, como o câncer – em alguns produtos. Desta forma, os autores alertam sobre a importância da regulamentação dos produtos, para que este consumo não exceda os níveis que podem prejudicar nosso organismo”.

café para a memória

café para a memória / foto https://pixabay.com

 

Vale ressaltar que tudo deve ser consumido com moderação e o açúcar ou o adoçante presente nas bebidas pode potencializar os malefícios.   Sabemos que consumo excessivo de açúcar, especialmente do açúcar branco, está ligado ao aumento do risco de ter problemas como diabetes, obesidade, colesterol alto, gastrite e prisão de ventre. Se você é consumidor de café tente adaptar seu paladar para ingerir a bebida pura, diminuindo gradativamente a quantidade de açúcar ou as gotas do adoçante.

Veja as calorias em porções diferentes da bebida sem açúcar:

1 copinho (50 ml): 4 kcal;
1 xícara (100 ml): 8 kcal;
1 copo americano (200 ml): 16 kcal.

Adoçado:

1 copinho: 33 kcal;
1 xícara: 66 kcal;
1 copo americano: 132 kcal;
E o seu café, como você consome? Conte nos comentários.

Camila Camiran

Sobre o autor | Website

Jornalista DRT 0001703MT Acadêmica de Nutrição na Universidade de Cuiabá - MT Apresentadora de radio nas manhãs da Capital FM - 101.9 Uma das apresentadoras do canal Fit Gourmet Brasil no Youtube Adepta da alimentação funcional e da prática de exercícios físicos.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.