Doenças Remédios Naturais Saúde e Bem Estar

O Que é Hemorroida? – Sintomas, Tratamentos e Causas Mais Comuns

O Que é Hemorroida? – Sintomas, Tratamentos e Causas Mais Comuns
4.75 (95%) 4 votes

Hemorroida é nome popular da enfermidade hemorroidária, que consiste em veias inflamadas e dilatadas na região do reto e do ânus, causando coceira, dor e sangramento. A hemorroida pode ser caracterizada por externa, no momento em que é determinado em volta do ânus e interna no momento em que se localiza dentro do reto, sem conseguir ser visualizada. Os principais sinais são dor ao defecar e sangramento no ânus.

Hemorroida – Sintomas, Tratamentos e Causas

Hemorroida

Hemorroida

Por volta de 5% dos indivíduos padece com hemorroida, que são como varizes das veias dessa região. No momento em que há pressão nas veias e sangue não pode advir adequadamente, pode acontecer inchaço, ardor e os indesejados sangramentos.

O QUE É HEMORROIDA

Hemorroidas são veias internas inchadas e inflamadas localizadas na parte inferior ou interior do ânus ou reto. No momento em que acontecem na abertura anal são capazes de se projetar para fora do ânus como tipo de bolhas. São diversos os tipos de hemorroidas, cada qual possui uma pleito em exclusivo e geram incômodos distinto.

Nível 1 – Hemorroida escondida no interior do ânus, com limitado crescimento das veias
Nível 2 – Hemorroida que está no interior do ânus e sai no hora da evacuação, retornando sem auxílio
Nível 3 – Hemorroida que está no interior do ânus e sai no hora da evacuação, precisando ser colocada de volta ao interior com a ajuda das mãos
Nível 4 – Hemorroida que está no interior do ânus, que padece um crescimento tão grande que sai pela região anal, podendo provocar até a saída da parte final do intestino

HEMORROIDA INTERNA – SINAIS, MEDICAMENTO, TRATAMENTO

A hemorroida interna ocorre nos casos no qual potos de infecções se alocam dentro do reto provocando dores ao defecar e sangue nos dejetos, este é o fundamental sinal da enfermidade. Para solucionar a complicação, os principais medicamentos são refeição rica em fibras, anestésicos e anti-inflamatórios.

→Leia agora  Anticoncepcional: A Verdade Para Saúde do Seu Corpo Que Você Precisa Saber

MOTIVOS DA HEMORROIDA

A hemorroida pode acontecer por conta de vários elementos de perigo como:

Regime inadequado sem fibras
Constipação (prisão de ventre crônica) e força no hora de defecar
Desarranjo crônica
Coito anal
Histórico de hemorroida na família
Continuar longos períodos no vaso sanitário sem aliviar-se
Cirrose
Fumo
Comportamento de resistir as fezes no momento em que se possui vontade de defecar
Obesidade
Gestação
Desidratação
Ficar sentado por longos períodos
Resfriados
Infecções anais
É fundamental advertir que crianças do mesmo modo são capazes de ter hemorroidas e os responsáveis precisam estar atentos aos sinais. As gestantes inclusive precisam prestar atenção, uma vez que a hemorroidas na gestação são capazes de provocar bastante aflição e se tratada de maneira correta não oferece perigo.

SINAIS E RECONHECIMENTO

Ao contrário que se pensa, as hemorroidas são capazes de entregar sinais ou não. Tendo como exemplo, as hemorroidas internas são identificadas apenas no momento em que há a figura de sangue nas fezes. Já as hemorroidas externas apresentam sinais claros e são menos difíceis de serem identificadas.

Os diagnósticos geralmente incluem dor no hora da evacuação, além da figura de sangue no excremento. É fundamental aconselhar-se com um médico, já que os sinais das hemorroidas são parecidos aos de outras moléstias que afetam a mesma região.

É fundamental desvendar que embora o sangramento anal e incômodo no hora de defecar também serem sinais de tumores na região do reto e do ânus, a hemorroida não pode virar carcinoma, como algumas indivíduos tendem a imaginar.

O reconhecimento é realizado a partir de exame físico no caso de hemorroidas externas. Nas hemorroidas internas, o exame de toque é preciso e em caso de incerteza a anuscopia pode ser solicitada pelo médico profissional.

INTERVENÇÃO

Depois do reconhecimento, o tratamento para hemorroida é simples e necessita no mínimo de disciplina. Um tratamento caseiro que pode ser realizado por todos os paciente é o banho de assento com água na região anal que proporciona abrandamento a quem sente forte dor na região.

→Leia agora  Dor Nas Costas: Causas, Tratamentos, Sintomas, Diagnóstico E Prevenção

As grávidas e crianças que tiverem dificuldade em realizar o banho devem colocar panos umedecidos na região e substituir de tempos em tempos para ter essa mesma percepção de abrandamento. Outra orientação simples é evitar limpar o ânus com papel higiênico para não inflamar também mais a região. O mais sugerido por especialistas seria lavar com a ducha, caso não seja possível, lenços umedecidos para bebê são capazes de ser usados em caso de afloramento.

Em alguns casos de cidadãos com dejeto endurecidas, os médicos recomendam o consumo moderado de laxantes para favorecer a evacuação. Do mesmo jeito que os laxantes, os cremes e pomadas para hemorroida como Xyloproct, Proctyl e Proctosan são capazes de ser usados com indicação médica, uma vez que lubrificam e anestesiam a região anal.

As pomadas como Ultraproct a base de corticoides precisam ser utilizadas com mais atenção, sem exagerar em uma semana. Todo o tratamento precisa ser acompanhado por um médico que irá aconselhar o melhor remédio para cada caso e irá acompanhar quanto tempo de tratamento será preciso.

Ingerir muita água, possuir uma refeição rica em fibras é uma ótima orientação para ter um bolo fecal sadio e favorecer a evacuação prevenindo o agravo das hemorroidas. Geralmente, ao corporificar o tratamento de modo correto e seguir as dicas de advertência é possível cicatrizar a hemorroida em um limitado tempo de tempo.

Nos casos mais graves no qual o paciente não apresenta benefício e padece com dores agudas, a intervenção pode ser recomendada. Para realizar a intervenção de retirada da hemorroida, o paciente passará pela disposição delicada e terá de ficar internado até 2 dias, levando de uma semana até um mês para ficar restabelecido.

O pós-operatório é similar com o tratamento mais comum para hemorroidas. O paciente não deverá usar papel higiênico, deverá realizar o consumo de analgésicos, laxantes, pomadas e banhos de assento indicados pelo médico.

A enfermidade pode provocar grande acanhamento, fazendo com que a pessoa afetada demore bastante a buscar apoio médico. Quanto mais rapidamente o paciente buscar um profissional, maiores as chances de ser restabelecido sem necessitar de intervenção.

→Leia agora  15 Principais Causas da Barriga Inchada Que Você Precisa Saber

As crianças e idosos precisam de bastante mais atenção, uma vez que às vezes são capazes de ocultar ou não perceber o sangramento causado pela enfermidade. Os idosos sofrem com complicações no intestino frequentemente por terem de ingerir vários medicamentos. Isto influencia a evacuação, e eles ficam propícios a desenvolverem hemorroidas.

Com precauções simples, no entanto diárias, o paciente com hemorroida pode amenizar os sinais e se cicatrizar depressa. É fundamental advertir que alguns dos afazeres como ingerir bastante líquido e possuir uma refeição rica em fibras precisam ser seguidos para o resto da vida. A higiene da região anal precisa ser realizada com bastante atenção, não se esquecendo de evitar a utilização de papel higiênico.

A advertência é a melhor maneira de enfrentar com a maior parte das doenças, por isso inclusive após tratado, fique ligado aos sinais, mantendo o atenção com a regime alimentar.

Leidiana Torres

Sobre o autor | Website

Bacharel em Enfermagem e fundadora do Mente Sã Corpo São. Contato: leidianatdn@gmail.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d bloggers like this: