Saúde Saúde e Bem Estar

Microcefalia: Sintomas, Causas e Tratamentos Que Você Precisa Saber

Microcefalia: Sintomas, Causas e Tratamentos Que Você Precisa Saber
4 (80%) 1 vote

Microcefalia é uma requisito neurológica rara no qual a cabeça e o cérebro da criança são incrivelmente mais baixos que os de outras da mesma idade e coito. A microcefalia geralmente é diagnosticada no início da vida e é resultado do cérebro não crescer o bastante ao longo a preparação ou depois de o surgimento.

Crianças com microcefalia abrange complicações de progresso. Não há uma cura definitiva para a microcefalia, porém tratamentos realizados a partir de os primeiros anos melhoram o progresso e qualidade de vida. A microcefalia pode ser causada pela série de complicações genéticos ou ambientais.

O que é Microcefalia?

Motivos

Microcefalia é o resultado do desenvolvimento abaixo do comum do cérebro da criança também no útero ou na infância. A microcefalia pode ser genética. Algumas outras motivos da microcefalia são:

Mal formações do sistema nervoso central

Míngua do ar para o cérebro fetal: algumas problemas na gestação ou concepção são capazes de coarctar a oxidação para o cérebro do bebê
Aclaramento a drogas, bebida alcoólica e certos itens químicos na gestação
Desnutrição baixo na preparação
Fenilcetonúria materna
Rubéola congênita na gestação
Toxoplasmose congênita na gestação
Contaminação congênita por citomegalovírus.

Microcefalia

Microcefalia

Doenças genéticas que geram a microcefalia são capazes de ser:

Síndrome de Down
Síndrome de Cornelia de Lange
Síndrome Cri du conversar
síndrome de Rubinstein – Taybi
Síndrome de Seckel
síndrome de Smith-Lemli-Opitz
Síndrome de Edwards.

Leia também

A microcefalia geralmente é detectada nos primeiros exames depois de o surgimento em um check-up legítimo. Porém, caso você suspeite que a cabeça de seu bebê é menor que a de mais da mesma idade ou não está aumento como deveria, fale com seu médico.

O Ministério da Saúde confirmou a correlação entre o Zika vírus e o advento de casos de microcefalia no nordeste do país em 2015. A febre zika, ou apenas zika vírus, é uma contaminação causada pelo vírus ZIKV, transmitida pelo abelha-mosquito Aedes aegypti, inclusive transmissor da afabilidade e da febre chikungunya. Cada vez mais pesquisas tentam aclarar a correlação entre estes 2 quadros.

→Leia agora  7 propriedades benéficas de amêndoas para saúde do seu corpo

Uma estudo publicada na difusão de setembro de 2016 no boletim científico Cell Host & Microbe, explica que o Zika vírus seria encarregado por abarrotar células cerebrais fetais, conhecidas como células progenitoras neurais. Essas células são essências para a formação dos ossos e da cartilagem do bicho, por causa disso há uma má-formação craniana ideia em bebês cujas mães foram infectadas pelo vírus da Zika ao longo a gestação.

Em novembro de 2016, cientistas perceberam que a microcefalia causada pelo Zika vírus não é somente no surgimento. Alguns bebês de Pernambuco que nasceram com a síndrome de Zika congênita identificadas em exames, porém sem modificações no dimensão do bicho, acabaram por reproduzir a passo e passo a microcefalia a posteriori.

De acordo com o Ministério da Saúde, as investigações sobre microcefalia e o Zika vírus precisam permanecer para aclarar questões como a transmissão desse administrador, a sua desempenho no corpo humano, a contaminação do feto e tempo de maior delicadeza para a grávida. Em análises iniciais, o maior perigo está agregado aos primeiros 3 meses de gestação.

Procurando auxilia médica

A microcefalia geralmente é detectada pelo médico nos primeiros exames depois de o surgimento em um check-up legítimo. Porém, caso você suspeite que a cabeça de seu bebê é menor que a de mais da mesma idade ou não está aumento como deveria, fale com seu médico.

Na consulta médica

Especialistas que são capazes de descrever uma microcefalia são:

Cirurgião maior parte
Pediatra
Neurologista
Neurologista infantil.

Estar hábil para a consulta pode favorecer o reconhecimento da microcefalia. Desta maneira, você já pode alcançar à consulta com algumas informações:

Uma listagem com todos os sinais e há quanto tempo eles apareceram
Histórico médico, inclusive outras condições que o paciente tenha e remédios ou suplementos que ele tome com assiduidade.
Se possível, canhão para uma indivíduo te acompanhar.
O médico certamente fará uma série de perguntas, tais como:

Você consumiu um remédio na preparação?
Você teve qualquer enfermidade na preparação?
Você tirou consumo de bebida alcoólica, cigarro ou outras drogas na preparação?
A partir de no momento em que você notou a diferença no dimensão da cabeça da criança?.
Similarmente é fundamental provocar suas dúvidas para a consulta por escrito, começando pela mais fundamental.

→Leia agora  Dor Nas Costas: Causas, Tratamentos, Sintomas, Diagnóstico E Prevenção

Para microcefalia, algumas perguntas básicas incluem:

Qual é a pleito mais possível da microcefalia?
Meu filho necessita de quaisquer testes adicionais? Se dessa maneira for, esses testes requerem qualquer disposição sui generis?
Quais são os tratamentos disponíveis para a microcefalia?
Qual você acha que é o mais recomendado o meu filho?
Caso tenha mais filhos, quais os riscas de eles terem microcefalia?
Há um brochura, site ou mais materiais nos quais consiga mais informações sobre microcefalia?.
Não hesite em realizar outras perguntas sobre microcefalia, caso elas ocorram no hora da consulta.

Reconhecimento de Microcefalia

A microcefalia é diagnosticada a partir do orientação do desenvolvimento e progresso da criança. O médico irá colocar uma atilho métrica em redor da cabeça e adequar seu dimensão. Esta indicador e similarmente o dimensão da criança serão feitas ao longo os primeiros anos de vida e comparadas com uma cadastro padronizada a fim de abalizar se a criança possui microcefalia.

O médico similarmente pode pedir exames como: tomografia computadorizada da cabeça, eco magnética e exames de sangue para auxiliar a abalizar a pleito da microcefalia.

Microcefalia Sintomas

Microcefalia Sintomas

Tratamento de Microcefalia

Não há tratamento curativo para a microcefalia que seja capaz de realizar a cabeça da criança voltar ao comum. É orientado corporificar terapias para aumentar as agilidade da criança, como a fala. Então, o médico conseguirá aconselhar a fisioterapia, cura ocupacional e outras formas de tratamentos orientadas.

Convivendo/ PrognósticoO reconhecimento de microcefalia pode acordar nos pais uma série de emoções, como ciúme, receio, abatimento e arrependimento. Então é fundamental acudir-se:

Auxilia de uma equipe profissional de confiabilidade: Procure médicos, professores e terapeutas no qual confia
Ajuda de outras famílias que lidam com a mesma situação. Você pode acudir-se este ajuda na sua agremiação ou pela internet.

Problemas possíveis

A criança com microcefalia pode entregar:

Carência cerebral

Adiamento nas utilidades motoras e de fala
Distorções faciais
Nanismo ou baixa altura
Hiperatividade
Epilepsia
Dificuldades de chefia e imobilidade
Modificações neurológicas.
Algumas crianças com microcefalia são capazes de não entregar complicações de aprendizado.

Advertência

Se a pleito da microcefalia for genética é possível preveni-la. Por causa disso é fundamental realizar o aconselhamento genético antes de conceber.

Além do mais, a melhor maneira de se proteger-se não apenas a microcefalia, porém muitas outras condições de saúde, é a prática do pré-natal ao longo a gestação.

→Leia agora  11 Benefícios da Melancia Para A Saúde Do Corpo Que Você Precisa Saber

Dentre as recomendações médicas para proteger-se a microcefalia similarmente estão:

Não consumir bebida alcoólica ao longo a gestação: o uso de bebida alcoólica predispõe o bebê a muitas doenças, como Síndrome do Alcoolismo Fetal e microcefalia.

Não usar remédios sem a indicação médica: alguns remédios são capazes de afetar na formação fetal, até mesmo causando uma má formação do cérebro como a microcefalia. É fundamental que a grávida não tome nenhum forma de remédio sem indicação médica.

Evitar contato com indivíduos com febre ou infecções: qualquer contaminação pode permitir qualquer alteração no progresso do feto, a partir de uma rubéola e citomegalovírus, até a afabilidade, febre zika e febre chikungunya. Por causa disso é fundamental evitar a aclaramento maior parte a doenças.

Entenda a correlação entre microcefalia e Zika vírus.

Proteger-se da aguilhoada dos mosquitos: como há a capacidade da microcefalia ser causada pelo vírus zika, que por sua vez é comunicado pela aguilhoada do abelha-mosquito Aedes aegypti – além das problemas já sabidas nos casos de afabilidade, tendo como exemplo – uma das recomendações do Ministério da Saúde é evitar se abalançar-se ao abelha-mosquito. O que pode ser realizado eliminando os criadouros dele, isto é, remover recipientes que tenham água ajuste e abafar adequadamente locais de armazenamento, além do consumo de repelentes recomendados para gestantes.

Leidiana Torres

Sobre o autor | Website

Bacharel em Enfermagem e fundadora do Mente Sã Corpo São. Contato: leidianatdn@gmail.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d bloggers like this: