Doenças Mente Sã Corpo São Remédios Naturais Saúde e Bem Estar Leidiana Torres

Apendicite: causas, sintomas e tratamento

Você nunca deve ignorar sintomas específicos como dor súbita em seu abdômen. Pode ser um sintoma de grave problema de saúde. Você nunca pode prever quando o seu corpo será vítima de alguma doença. Existem problemas de saúde para os quais você pode encontrar um tratamento ou preveni-los por meio de medicação.

No entanto, ainda existem vários problemas de saúde que você não pode tratar ou afastar por meio de medicação, como apendicite. O apendicite traz dor e desconforto na região da barriga. É considerado uma doença de saúde menor, mas o desconforto, cólicas e outros sintomas associados são apenas insuportáveis.

Essa condição pode piorar se você não identificar que está sofrendo de apendicite e que precisa de cirurgia. O provedor de serviços de saúde sugere que você não o faça de maneira leve e consiga o tratamento de forma adequada e a tempo para evitar mais danos à saúde.

O que é apendicite?

A apendicite é definida como uma inflamação do seu apêndice, que é um tubo de 3 ½ de comprimento. É feito com tecido e vai para o intestino grosso. Os músculos do apêndice produzem anticorpos. Apendicite é considerada como uma emergência médica, e você precisa removê-lo através de cirurgia.

Além disso, há fortes chances de que um apêndice inflamado possa estourar substâncias infecciosas em sua cavidade abdominal. Esta condição pode levar a peritonite, que é uma espécie de inflamação grave no revestimento da cavidade abdominal. O inchaço no revestimento do estômago pode ser fatal, a menos que seja tratado com antibióticos fortes imediatamente.

Há sempre uma necessidade de realizar uma cirurgia em casos de apendicite para evitar efeitos adversos. A ocorrência de apendicite é imprevisível e as pessoas entre as idades de 17 a 30 são mais prováveis ​​de encontrar apendicite em todo o mundo.

Quais são as causas da apendicite?

Nenhum fator específico causa apendicite. Você pode encontrar opiniões contraditórias quando se trata de identificar apendicite. Vários provedores de assistência médica afirmam que pode haver várias causas para apenas um caso de apendicite. Segundo alguns médicos, uma constrição no apêndice pode ser uma razão para apendicite. Essa constrição pode ser completa ou parcial. Casos de apendicite por constrição completa requerem cirurgia urgente. Além disso, a obstrução no seu apêndice pode ser um produto do acúmulo de matéria fecal, ao passo que fatores a seguir podem causar bloqueio, como:

  • Vermes
  • Tumores
  • Folículos linfoides aumentados
  • Trauma

As bactérias se multiplicam no órgão se a obstrução continuar. Esta condição contribui para o crescimento do pus. O aumento da pressão no seu apêndice devido ao puss cria dor. Seus vasos sangüíneos também se comprimem e a falta de fluxo sanguíneo adequado ao apêndice causa gangrena. Vale a pena notar que, em alguns casos, um abscesso cheio de pus se desenvolve fora do seu apêndice inflamado.

Pode afectar e inflamar também os órgãos que podem incluir a bexiga, o cólon sigmoide e o ceco.

Sintomas de apendicite

Apendicite: causas, sintomas e tratamento

Um sintoma típico de apendicite inclui uma leve dor no abdômen superior. Essa dor se torna aguda quando atinge o abdome inferior direito. Além disso, sinais como perda de apetite e vômitos, náuseas à direita quando a dor abdominal começa são sintomas significativos de apendicite. Você pode observar inchaço no seu abdômen na condição. Além disso, a sua incapacidade de excretar gases junto com febre moderada a alta determina que você tenha tido apendicite. Você também pode experimentar sintomas como:

  • Obstipação ou diarreia com gases
  • Cólicas intensas
  • Dor ao urinar

Precauções

Caso sua condição corresponda aos sintomas acima, você precisa parar de consumir excesso de comida ou líquido. Você não deve optar por remédios para aliviar a dor, incluindo almofadas de aquecimento, laxantes e antiácidos. Essas etapas podem promover um apêndice inflamado para romper. Depois de descobrir que esses sintomas são semelhantes à sua condição ou dor, você deve procurar ajuda médica e tratá-la sem mais demora.

Como é diagnosticada a apendicite?

Pode se tornar um passo mais complicado. Os sintomas de apendicite são por vezes semelhantes a outras doenças de saúde, como a bexiga ou infecção do trato urinário, infecção intestinal, problemas nos ovários, problemas na vesícula biliar, gastrite e doença de Crohn. Os médicos geralmente realizam os seguintes exames para diagnosticar a apendicite.

  • Teste de urina
  • Exame retal
  • Tomografia computadorizada ou ultrassonografia
  • Exame abdominal para diagnosticar inflamação
  • Exame de sangue para detectar infecção em seu corpo

Tratamento da Apendicite

Não há outro tratamento, exceto a apendicectomia, que é uma cirurgia realizada para remover o apêndice. Isso também é considerado um tratamento padrão de apendicite em todo o mundo. Os médicos realizam um exame médico completo para diagnosticar a apendicite. Eles sugerem eliminar o apêndice em caráter de urgência, evitando a ruptura. Por outro lado, se o apêndice tiver desenvolvido apenas um abcesso, você poderá passar por dois procedimentos extensivos:

  • Drenagem de abscesso de fluido e puss
  • Removendo o apêndice

Além disso, antibióticos também são fornecidos antes da cirurgia para reduzir a peritonite, tanto quanto possível. Os pacientes recebem anestesia geral e, em seguida, o seu apêndice é removido por laparoscopia ou com cuidado através de uma incisão de 4 polegadas. Em caso de peritonite e o pus em seu abdômen será drenado.

Uma apendicectomia geralmente é completada em torno de 12 horas, e você pode até permitir caminhar ou se movimentar. Os médicos permitem atividades regulares dentro de 2 a 3 semanas. Além disso, você se recuperará em menos tempo se sua cirurgia for realizada através de uma laparoscopia devido à pequena incisão. No entanto, fique de olho em sua condição após a cirurgia e entre em contato com seu médico especialista em caso de:

  • Febre alta
  • Vômito constante
  • Desmaios e sensação de tontura
  • Sangue na urina ou vômito
  • Pus na ferida
  • Vermelhidão e dor aumentadas na incisão
  • Aumento da dor no abdômen

Como prevenir a apendicite?

Você não pode evitar o aparecimento de apendicite. Apesar disso, um estudo revelou que as pessoas que consomem dieta enriquecida com fibra dietética provavelmente encontrarão apendicite. Você deve incorporar muitos legumes, frutas, grãos integrais, etc. para evitar problemas de saúde como a apendicite.

Em resumo

É evidente que a apendicite é imprevisível. E não há como evitar a ocorrência do problema de saúde que está drenando. No entanto, você sempre pode observar os sintomas para ficar à frente de possíveis danos à saúde sem tentar tratá-los por meio da automedicação, o que pode piorar seu caso.

Pode ser útil se você estiver ciente dos sinais, pois alguns desses sintomas são intensos, como dor aguda no abdômen. Depois de começar a perceber sintomas como esses, é hora de agendar uma consulta e fazer sua cirurgia.

Leidiana Torres

Sobre o autor | Website

Bacharel em Enfermagem e fundadora do Mente Sã Corpo São. Contato: leidianatdn@gmail.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.