Doenças Saúde e Bem Estar Leidiana Torres

10 alimentos que equilibram o açúcar no sangue e previnem o diabetes

A atual epidemia do diabetes torna ainda mais importante que as pessoas observem o que comem no dia a dia. Aqui está uma lista de alguns dos alimentos anti-diabetes mais potentes que podem efetivamente evitar a doença em um futuro próximo.

As taxas de diabetes tipo 2 continuam a aumentar em todo o mundo

diabetes

diabetes

Arroz integral – Grãos integrais como o arroz integral têm baixo índice glicêmico e contêm nutrientes essenciais, como magnésio e fibras.

Maçãs  – As maçãs são conhecidas por conter vitaminas e nutrientes essenciais que mantêm a doença sob controle. De acordo com especialistas, as maçãs contêm a quercetina pigmento vegetal, que promove a secreção de insulina eficiente ao mesmo tempo, impedindo a resistência à insulina. A pele de maçã contém seis vezes mais quertecina do que a carne, disseram especialistas.

BagasBagas são embaladas com antioxidantes e compostos anti-inflamatórios que melhoram a saúde geral em pacientes com diabetes.

Iogurte  – Um estudo conduzido pela  Escola de Saúde Pública de Harvard revelou que o consumo diário de iogurte pode reduzir o risco de diabetes tipo 2 em até 18%. A educadora certificada em diabetes Marina Chaparro observou que o iogurte, especialmente sua variedade grega, é repleto de proteínas que promovem a saciedade e previne grandes picos nos níveis de açúcar no sangue.

Vegetais sem amido – Esses vegetais – como alcachofras, brócolis e beterraba – têm menor índice glicêmico e menos carboidratos, tornando-os ideais para pacientes com diabetes.

Espargos  – Espargos e outros vegetais de folhas verdes contêm altos níveis de antioxidantes que ajudam a reduzir a inflamação e promover o equilíbrio de açúcar no sangue. O aumento do consumo de vegetais de folhas verdes pode reduzir o risco de diabetes em 14%.

Nozes e sementes – Estes alimentos têm baixo índice glicêmico e contêm ácidos graxos essenciais que melhoram a saúde do coração e diminuem os níveis de colesterol.

Café  – Um estudo revelou que as pessoas que consumiam mais de uma xícara e meia de café por dia durante 10 anos tinham 54% menos probabilidade de desenvolver diabetes do que as que não bebiam.

Tomates – Tomates são ricos em licopeno que podem ajudar a manter o câncer e degeneração macular por longe. Um estudo publicado no International Journal of Food Sciences and Nutrition  também mostrou que comer tomates pode reduzir o risco cardiovascular associado ao diabetes.

Frutas cítricasFrutas cítricas como laranjas e toranjas são excelentes fontes de fibra. Especialistas sugerem a ingestão de frutas cítricas inteiras em vez de suco, já que os sucos de frutas aumentam o risco de diabetes.

As taxas de diabetes tipo 2 continuam a aumentar em todo o mundo, com obesidade e dietas açucaradas sendo os principais culpados, segundo um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS). Segundo a organização, as taxas globais de diabetes em adultos mostraram um aumento de quase quatro vezes, de 108 milhões em 1980 para 422 milhões em 2014. Os dados também revelaram que a doença estava associada a 1,5 milhão de mortes em todo o mundo somente em 2012. Um adicional 2.2. milhões de mortes foram amarradas a níveis elevados de açúcar no sangue. Segundo a OMS, altos níveis de açúcar no sangue elevam as chances de doenças cardíacas e outras condições crônicas.

A American Diabetes Association  (ADA) também informou que mais de 29 milhões de americanos foram diagnosticados com diabetes apenas em 2012, o que representou pouco mais de nove por cento da população total. A ADA observou que 1,4 milhão de pessoas nos EUA são diagnosticadas com diabetes anualmente. Além disso, a ADA informou que mais de 8,1 milhões de americanos com diabetes não estavam cientes de que eles têm a condição. Isso os coloca em risco aumentado de complicações relacionadas à doença, acrescentou a ADA.

De acordo com a ADA, o diabetes é a 7ª causa principal de morte em todo o país, matando até 69.000 pessoas anualmente. Um estudo recente publicado na revista PLOS ONE mostrou que o diabetes foi responsável por até 12 por cento das mortes nos EUA. Esta taxa foi três vezes maior do que as estimativas anteriores, disseram os pesquisadores.

Leidiana Torres

Sobre o autor | Website

Bacharel em Enfermagem e fundadora do Mente Sã Corpo São. Contato: leidianatdn@gmail.com

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.